img

GERAL

Alargamento de Jurerê chega a 1,32 km em duas semanas

Publicado em 09/02/2024


Pedro Perez/PMF
Alargamento de Jurerê chega a 1,32 km em duas semanas



Obras iniciadas no dia 26 de janeiro avançam sem transtornos, reforçando o know how da Prefeitura de Florianópolis em realizações do tipo

A Prefeitura de Florianópolis alargou e liberou aos banhistas 1,32 km da praia de Jurerê, entre o costão oeste e as quadras de areia, nas duas primeiras semanas de obras. Para evitar transtornos no trecho conhecido como internacional mais movimentado do balneário e de ainda maior demanda turística durante o Carnaval, os serviços conduzidos pela Secretaria de Transportes e Infraestrutura vão avançar neste sábado (10) por mais 300 metros na direção leste, a partir do beach club Café de La Musique.

Feito isso e passada a folia de Momo, as obras retornam à direção oeste por mais 300 metros de dois a três dias, quando a draga precisará abastecer em Itajaí, devendo retornar no sábado seguinte, dia 17. Dali em diante, os trabalhos voltam-se em definitivo à direção leste ainda no trecho internacional por mais uns 200 metros, e já entram no lado tido como tradicional.  

“Estamos muito felizes com o andamento das obras, que estão avançando de forma tranquila, sem contratempos”, comenta o prefeito Topázio Neto, que já deixou claro o seu orgulho em Florianópolis ser pioneira, em nível de Brasil, portanto, uma referência nacional, em engordamento de praia.

A draga holandesa Lesse chegou na cidade em 26 de janeiro, e já no dia 4 de fevereiro o primeiro trecho  escolhido para início do engordamento, a ponta oeste de Jurerê, teve a faixa de areia aumentada liberada aos banhistas. Essa é a estratégia que está sendo adotada: executar as obras em trechos, que para isso são interditados temporariamente, e liberá-los a cada dois a três dias, se possível. O tempo depende do aparecimento ou não de golfinhos na região porque daí é preciso parar momentaneamente as operações.

Assim, a administração municipal busca conciliar a execução dos trabalhos com a procura pela praia, e garantir a segurança da população. Neste sentido, aliás, a Prefeitura reforça a importância de dar atenção à sinalização local.

A obra em Jurerê

O alargamento da praia de Jurerê será o maior já feito em Florianópolis. É que o aumento da faixa de areia vai abranger os seus 3,38 km - tanto a parte internacional quanto tradicional. A expectativa é a de que as obras recuperem a orla da praia  - para que tenha faixa de 40 metros que se estabilize em 30 metros após a conformação natural pela maré - e contenham a erosão marítima. Apenas um pequeno trecho de cerca de 50 metros próximo ao costão que faz divisa com Canajurê não será alargado por conta do Rio das Ostras.

As obras contam com as devidas licenças ambientais provisória e de instalação do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), e autorizações da Secretaria de Patrimônio da União (SPU) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Elas representam um investimento de R$ 24,79 milhões, sendo que metade desse valor será pago pelo governo do Estado.

A dragagem corresponde à escavação de areia do fundo do mar com o auxílio de um tipo especial de embarcação, no caso, a draga auto-transportadora de arrasto (tipo Hopper) holandesa Lesse. Ela é resistente às intempéries, o que significa dizer que atua mesmo em dias de chuva. Ao todo, deve ser dragado um volume de 491,22 mil metros cúbicos de areia com a mesma coloração e granulatura (dimensão) da que perfaz a praia, retirado de jazida submarina de até 2,5 metros de profundidade localizada a 1.350 metros de distância da orla.

Esse trabalho pode acontecer 24 horas por dia. Ele funciona assim: após extrair o material, a draga é deslocada até 200 metros da orla – essa distância evita que ela encalhe na areia da praia em si - para ser acoplada a uma tubulação de 450 metros. Mas só a parte da tubulação que flutua sobre a água é que fica posicionada perpendicularmente à praia; o restante da tubulação fica “em terra”, em paralelo à faixa de areia que está sendo alargada. Efetuado o acoplamento, a draga bombeia a areia para transportá-la pela tubulação até o balneário e, na sequência, ela é espalhada por tratores. Sendo que esse processo será repetido quantas vezes forem necessárias até a conclusão da obra.

Outros alargamentos realizados

A praia de Canasvieiras foi a primeira a ser alargada, obra que foi inaugurada em janeiro de 2020. Ela teve a faixa de areia aumentada nos 2,34 km entre Canajurê e o trapiche, com um volume de cerca de 400 mil metros cúbicos de areia. Depois disso, foi feito o engordamento da praia dos Ingleses, beneficiando os 2,87 km entre o Canto Sul, onde ficam as dunas, até 500 metros antes da Foz do Rio Capivari. Na obra, entregue em março deste ano, o volume dragado foi de aproximadamente 500 mil metros cúbicos.


Pedro Perez/PMF
Alargamento de Jurerê chega a 1,32 km em duas semanas



Pedro Perez/PMF
Alargamento de Jurerê chega a 1,32 km em duas semanas










Shopping








Leia também ...



















Aqui tem mais notícias para você ler ...



Mais lidas de hoje


Gostou do nosso conteúdo, então considere fazer uma contribuição de qualquer valor por PIX, nos ajude a manter um jornalismo independente de qualidade há mais de 25 anos.



Abra o app de seu banco e aponte a câmera


Editorias
Geral
Cidades
Comunidade
Variedades
Tecnologia
Turismo
Esportes
Diversão
Politica
Musica
Regional
Marketing

Nossa rede
Unique TV
Unique Planalto Norte
Rádio Unique
Sport SC
Trip News
Tech Today
Jornal Trindade
Rádio C4 FM

Publicidade