Ao Vivo

Entenda como vai funcionar a plataforma WatchTV para provedores de internet

Entrevista com Andrés Madero, diretor da Infinera LATAM, durante a Futurecom 2018

ZECA PAGODINHO NA P12 E AFTER NO DONNA JURERE COM BLOG DO BAXO

Logicalis apresenta na Futurecom soluções para a cadeira produtiva do vinho utilizando IoT

img

TECNOLOGIA

Aplicativos de celular ajudam a organizar viagens

Publicado em 12/10/2018 - 12:40:11

Planejar uma viagem é essencial para que tudo dê certo, mas nem sempre é uma tarefa fácil.


Aplicativos de celular ajudam a organizar viagens

Cuidar de tudo antes de partir pode ser trabalhoso e, sem nenhuma ajuda, o planejamento pode ficar ainda mais complicado. Porém, a tecnologia está aí para facilitar nossos passos. Por isso, elencamos alguns aplicativos de celular que ajudam a organizar viagens. Confira.

TripAdvisor

O app do TripAdvisor é super conhecido por fazer buscas em diversos quesitos de viagem, como hotéis, aluguéis para temporada, voos, restaurantes e atrações. Mas o serviço mais interessante dele são os rankings de destinos populares, praias, passeios românticos, cidades históricas, locais para férias em família, opções de ecoturismo, melhores baladas e muito mais. Esses rankings ajudam até o mais indeciso dos viajantes. Vale a pena dar uma olhada nas listas antes de decidir a viagem.

MaxMilhas

Esse aplicativo te salva se você procura passagens aéreas a preços baixos. Com o app da MaxMilhas, o cliente compra passagens usando as milhas excedentes de outras pessoas. Ou seja, mesmo quem não participa de nenhum programa de milhas ou clube de milhagem pode comprar passagens a preços baixos, usando milhas de quem quer vender. Para aproveitar os melhores preços, basta adicionar partida e destino, data da viagem, número de passageiros e classe do voo. O app apresenta os resultados e, se o menor preço for o de alguma companhia aérea sem usar milhas, o aplicativo direciona a compra para essa companhia, garantindo o valor mais em conta.

PackPoint

Uma vez comprada a passagem, é hora de resolver o que levar na mala. Só que essa pode ser uma tarefa complicada para quem não é muito organizado. O PackPoint cria um check-list do que deve entrar na mala, conforme o destino que você escolhe, a quantidade de dias fora e até o tipo de viagem. O aplicativo questiona ainda quais atividades você deseja fazer e apresenta, na sequência, a quantidade de camisas, calças, casacos e até roupa íntima que você deve levar. O aplicativo não esquece dos itens essenciais nem dos objetos necessários para as atividades que você escolher.

Airbnb

Hospedagem mais barata, em quartos privados, com segurança e conforto. É isso que o app do Airbnb promete, além da praticidade e de uma experiência intimista. Pelo aplicativo, é possível se hospedar em casas e apartamentos de pessoas comuns, diferente da experiência tradicional de um hotel ou um hostel. Basta digitar o destino e as datas de entrada e saída para encontrar quartos, suítes ou apartamentos inteiros à disposição. O preço é bem mais baixo do que os praticados em hotéis, mas quase nunca há serviço de quarto ou café da manhã.

Google Tradutor

Viajou para fora e não fala a língua local? Google Tradutor pode ser uma mão na roda para tentar compreender placas de sinalização, cardápios de restaurantes e até tentar se comunicar rapidamente. O aplicativo traz mais de cem idiomas e representa as línguas de quase 99% do mundo. Mas não vá abusar, pois nem sempre a tradução de expressões idiomáticas é perfeita.

Uber

O aplicativo de transporte individual urbano é febre no mundo todo e é uma ótima opção quando o assunto é se locomover para um local mais distante ou que você não conhece bem. Com o Uber, a viagem é mais barata que o serviço tradicional de táxi. Outros aplicativos semelhantes estão disponíveis mundo afora, como 99 e Cabify. Só tome cuidado, pois uma vez fora do país, a cobrança virá na moeda local e pode ser uma surpresa quando a fatura do cartão chegar.

Around me e Time Out

O Around me é o Tinder dos serviços e das atrações. Ele dá informações sobre quais são os restaurantes, pontos turísticos, bancos, agências de câmbio, hotéis, hospitais e até serviços médicos próximos de onde o usuário está. É uma grande ajuda para quem tem medo de ficar perdido numa cidade estranha.

Já o Time Out é um dos mais conceituados guias de viagem do mundo, com grandes rankings de atrações das mais diversas cidades. Com ele, há sempre o que fazer.