img

BRASIL

Boletim da Fiocruz mostra sucesso da vacinação contra a covid-19

Publicado em 08/10/2021

Boletim da Fiocruz mostra sucesso da vacinação contra a covid-19

Os pesquisadores da Fiocruz consideram, no entanto, que a população deve ter prudência e continuar usando máscara e mantendo as demais medidas preventivas, como higienização das mãos, distanciamento social e uso de álcool gel, para bloquear a circulação do vírus.


O Boletim Observatório Covid-19, divulgado quinta-feira (7/10) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mostra que o sucesso da vacinação na prevenção de formas graves e fatais da doença é traduzido na redução no número de casos e óbitos, e, ainda, na estagnação na taxa de ocupação de leitos de UTI para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) em patamares baixos, na maioria dos estados.

O Índice de Permanência Domiciliar se encontra próximo de zero desde o mês de julho. Isso significa que a intensidade de circulação de pessoas nas ruas é similar à observada no período pré-pandemia. Os pesquisadores alertam, porém, que essa ausência de distanciamento físico reúne diversas formas de aglomeração, que vão desde o transporte público até atividades de comércio e lazer. 

“Em qualquer dessas situações, há uma exposição prolongada de pessoas em espaços confinados. E isso ocorre com pouco mais de 40% da população com esquema vacinal completo”, adverte a Fiocruz.

Apesar de muitas pessoas em circulação já terem sido imunizadas, as vacinas não previnem completamente a infecção ou a transmissão do vírus, alerta o documento. Por isso, a recomendação dos especialistas é que, até que o país alcance um patamar ideal de cobertura vacinal, estimado em torno de 80%, as medidas de distanciamento físico e prevenção, bem como a adoção do passaporte vacinal, devem ser mantidas. 

Os pesquisadores defendem também que atividades que representem maior concentração e aglomeração de pessoas só sejam realizadas com comprovante de vacinação. Os cientistas que integram o Observatório Covid-19 avaliam que não é prudente, nem oportuno, “falar em prazos concretos e datados para o fim da pandemia”, mas em garantir que sejam tomadas as medidas necessárias para que esse dia possa se aproximar com maior rapidez.

Mortalidade

A mortalidade por covid-19, atualmente, gira em torno de 500 casos por dia. O boletim sinaliza queda expressiva em comparação ao pico registrado em abril, quando foram notificados mais de 3 mil óbitos diários. Mas, apesar da retração, os números ainda demonstram que a transmissão permanece, bem como a incidência de casos graves que exigem cuidados intensivos. 

Ao longo da última semana, foi registrada média de 16.500 casos confirmados e 500 óbitos diários por covid-19. De acordo com o boletim da Fiocruz, isso mostra ligeira alta do número de casos (0,4 % ao dia) e queda no número de óbitos (0,7% ao dia). A circulação de pessoas nas ruas e a positividade de testes permanecem, contudo, elevadas.

Os pesquisadores salientam que o fluxo de notificação irregular pode levar a decisões por vezes inoportunas ou baseadas em dados atrasados e incompletos. Reforçam, porém, que a tendência de estabilidade ou redução desses indicadores, apesar das oscilações apuradas nas últimas semanas epidemiológicas, demonstra que a campanha de vacinação está atingindo um dos seus principais objetivos, que é a redução do impacto da doença, com menos óbitos e casos graves, embora sem o bloqueio da transmissão do vírus. A evolução dos óbitos e da cobertura vacinal chama atenção para o fato que as curvas têm direção oposta, indica o boletim.

Leitos de UTI

O boletim informa que na maioria dos estados, de acordo com dados coletados no dia 4 de outubro, as taxas de ocupação de leitos de UTI covid-19 para adultos no SUS apresentam relativa estabilidade, com índices inferiores a 50%. O Espírito Santo, entretanto, se mantém na zona de alerta intermediário desde 20 de setembro e constitui a exceção mais preocupante, porque, apesar da manutenção no número de leitos, a taxa de ocupação é de 75%. O Distrito Federal, por sua vez, voltou à zona de alerta crítico, com 83%, depois de semanas promovendo a retirada de leitos covid-19.

Ainda de acordo com o boletim da Fiocruz, foram registrados pequenos aumentos nas taxas em Mato Grosso do Sul e Goiás. Esses dois estados tiveram também diminuições na quantidade de leitos abertos, o mesmo ocorrendo em Rondônia, Amazonas, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso.

Entre as capitais, o Distrito Federal (83%) está na zona de alerta crítico, segundo o boletim da Fiocruz, e quatro estão na zona de alerta intermediário: Porto Velho (65%), Vitória (73%), Rio de Janeiro (65%) e Porto Alegre (63%). Estão fora da zona de alerta 22 capitais: Rio Branco (2%), Manaus (52%), Boa Vista (45%), Belém (8%), Macapá (12%), Palmas (27%), São Luís (21%), Teresina (37%), Fortaleza (26%), Natal (25%), João Pessoa (14%), Recife (50%), Maceió (45%), Aracaju (16%), Salvador (24%), Belo Horizonte (50%), São Paulo (40%), Curitiba (57%), Florianópolis (44%), Campo Grande (31%), Cuiabá (33%) e Goiânia (42%).

Já entre as unidades da Federação, vinte e cinco aparecem fora da zona de alerta: Rondônia (34%), Acre (4%), Amazonas (27%), Roraima (45%), Pará (23%), Amapá (12%), Tocantins (33%), Maranhão (32%), Piauí (48%), Ceará (32%), Rio Grande do Norte (22%), Paraíba (17%), Pernambuco (50%), Alagoas (29%), Sergipe (16%), Bahia (27%), Minas Gerais (23%), Rio de Janeiro (46%), São Paulo (31%), Paraná (52%), Santa Catarina (39%), Rio Grande do Sul (54%), Mato Grosso do Sul (35%), Mato Grosso (35%) e Goiás (49%).



Com informações de EBC/AGENCIA BRASIL




Santa Catarina divulga atualização do Boletim Epidemiológico da Covid19

21/01 | Geral
Desde o início da pandemia, 20.338 óbitos foram causados pelo coronavírus. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,51%.

Confira a previsão do tempo neste fim de semana em Santa Catarina

21/01 | Geral
Atenção: no Extremo Oeste, Oeste e Meio-Oeste permanece a temperatura alta e o predomínio de tempo seco na maior parte dos dias, com condição apenas de pancadas de chuva de verão, ocorrendo de forma bem isolada e concentrada no período da tarde.

Dibea suspende resgate e acolhimento de animais em Florianópolis

21/01 | Comunidade
Abrigo da Diretoria de Bem-Estar Animal de Florianópolis está superlotado; O Hospital Veterinário licitado também não tem mais vagas para atender animais resgatados pela Dibea.

Estiagem avança no Oeste e área central de Santa Catarina, revela Monitor de Secas

21/01 | Geral
O mapa do monitoramento referente a dezembro foi divulgado na última quarta-feira, 19.

Banco Central relata vazamento de dados de 160 mil chaves do Pix em banco

21/01 | Economia
Foram vazados dados cadastrais da Acesso Pagamentos

Pesquisa de balneabilidade aponta 65,3% dos pontos analisados próprios para banho em SC

21/01 | Geral
Em Florianópolis, dos 87 pontos onde há coleta, 60 estão em condições de receber banhistas, ou seja, 69,0 %

Confira os pontos de testagem contra Covid-19 neste fim de semana em Florianópolis

21/01 | Saude
Nesta sexta-feira, 21, a Prefeitura de Florianópolis divulgou os pontos de testagem contra Covid-19 para o fim de semana, sábado, 21 de janeiro e domingo, 22 de janeiro. Confira:

Nutricionista orienta sobre alimentação e hidratação durante o calor intenso

21/01 | Variedades
Consumo de água, frutas e verduras que ajudam na hidratação e reposição de eletrólitos é a recomendação de especialista para quem vai curtir a estação em sua plenitude

Curso baseado na obra de Brené Brown foca na saúde mental e soft skills para formar uma nova geração de líderes

21/01 | Marketing
Mentoria Liderança com Ousadia, online e ao vivo, chega à sua sétima edição com o objetivo de apoiar líderes nos desafios diários dessa posição por meio de ferramentas e habilidades consideradas essenciais segundo o Fórum Econômico Mundial

Sesc SC divulga regulamento para inscrições de projetos artísticos catarinenses

21/01 | Cultura
Artistas, produtores culturais e arte-educadores interessados em fazer parte da programação cultural do Sesc em 2022 podem inscrever proposta de artes cênicas, artes visuais, audiovisual, literatura, música, oficinas, mediações, interpretação em Libras e audiodescrição.

CoronaVac é incluída no plano de vacinação para crianças e jovens de 6 a 17 anos

21/01 | Saude
A pasta abriu negociações com o Instituto Butantan, responsável pela produção do imunizante, para a aquisição de doses.

Homem suspeito de roubo a banco em SC é preso no Rio Grande do Sul

21/01 | Policia
Crime aconteceu no dia 26 de outubro de 2021 em Itajaí.

Publicidade