img

TECNOLOGIA

Primeiro parque corporativo de grande porte de Florianópolis completa 10 anos

Publicado em 17/06/2019
Alexandre Brandão
Primeiro parque corporativo de grande porte de Florianópolis completa 10 anos

Empreendimento é pioneiro em sustentabilidade e ajudou a impulsionar o setor de tecnologia em Florianópolis. Hoje se consagra como um hub de TI, convivência, cultura e lazer




Por: Paulo Luis Cordeiro

Quando abriu as portas, há 10 anos, não existiam em Santa Catarina parques corporativos de grande porte e com infraestrutura especializada e apta a sediar empresas de TI. O Corporate Park foi pioneiro também em aplicar conceitos de sustentabilidade na construção. Em 2019 o empreendimento comemora 10 anos com novidades e modernizações no empreendimento e dois grandes eventos: o 2º Corporate Talks, realizado no dia 30 de maio, e o Corporate in Jazz, no dia 28 de junho, espetáculo de jazz e música instrumental com um quinteto e que marca o aniversário oficial, exclusivo para convidados. 

Dentre os projetos que marcam os 10 anos do Corporate Park estão a modernização da estrutura de 24 mil metros quadrados localizada na SC-401, próxima ao acesso a Santo Antônio de Lisboa. Ainda em maio, será iniciada a implantação do sistema de Energia Solar. Em junho, será inaugurado um espaço de Coworking (gerido pelo Cool2work) e a cervejaria OnBeer abre as portas no espaço. Outra novidade é a Blueticket, gigante empresa de TI que gerencia e vende ingressos para eventos e que se muda para o empreendimento até o final do mês. 

"Criamos um conceito que não existia em Florianópolis: o de parques corporativos, onde as empresas, sobretudo de TI, poderiam ter amplos espaços com alta tecnologia de construção e comunicações. Tudo isso aliado a áreas verdes, estacionamento amplo, acesso fácil e estrutura de serviços",  afirma Felipe Campos Didoné, Diretor da Rá Incorporações – empresa responsável pela construção e administração do empreendimento. 

O Corporate Park virou referência para outros empreendimentos que foram inaugurados depois no Norte de Florianópolis – na época, era uma região nova, considerada fora do circuito central da Capital e carente de empreendimentos comerciais. Passada uma década, o espaço segue atual em termos de tecnologia e sustentabilidade e é competitivo em preço de aluguel e condições de locação.

Algumas das mais importantes empresas do mercado de Tecnologia da Informação do Estado hoje estão sediadas no Corporate Park: DOT Digital Group, Paradigma, Cianet, Pixeon, Wplex, Seventh, Delinea, Clipescola, Checklist Fácil, Gestão OPME e Aqtech, entre outras. Em 2009, o setor de TI já era forte em SC e desde então o mercado cresceu como um todo, graças à chegada de novas empresas de fora e ao aumento de aportes e fundos de investimentos. 

O Corporate Park foi projetado pelos engenheiros Antonio Didoné e Frederico Didoné. Desde a concepção do projeto o propósito era harmonia com o meio ambiente e oferta espaços de alta qualidade para as empresas — tudo dentro da ideia de um ambiente de trabalho agradável. Não à toa, os 24 mil metros quadrados construídos foram pensados dentro de uma estrutura não verticalizada, com áreas para caminhadas e contemplação de jardins, que dialoga e preserva a natureza do entorno.

O Corporate Park ficou conhecido em Florianópolis também por sediar uma das únicas salas de cinema com programação exclusiva de filmes alternativos e fora do circuito mainstream: o Paradigma Cine Arte. Inaugurado em 2010, o cinema é um projeto cultural da Rá Incorporações com apoio da Paradigma Business Solutions. Foi criado com o objetivo de preencher a lacuna deixada pela pouca oferta de programação cultural com mais conteúdo na Capital. Hoje o Paradigma tem um público fiel, recebe uma média 4 mil espectadores por mês e já exibiu cerca de 1,5 mil filmes de mais de 30 países. 

"O Paradigma tem contribuído muito para a cena cultural da cidade, não apenas pela programação exclusiva, mas também por trazer festivais internacionais, como Festival Varilux de Cinema francês; promover debates, como o Ciclo Cinema e Psicanálise; e dar incentivo a projetos locais, muitos com entrada gratuita",  pontua Felipe Didoné. Além do cinema, o empreendimento dialoga com a cultura da cidade por meio de apoio e patrocínio a projetos como o Hoje é dia de Jazz Bebê, Museus Virtuais eo documentário Ilha Inovação Sustentável, entre outros. 

O Corporate Park em números

24 mil metros quadrados num terreno de 27,5 mil metros quadrados
Inaugurado em maio de 2009 
60 empresas instaladas
850 pessoas (colaboradores dos negócios instalados) 
400 vagas de estacionamento 
90% de ocupação
70 salas comerciais 
7 salas de reuniões

Com informações da Assessoria de Imprensa