img


REGIONAL

Vindima de Altitude 2019 foi lançada oficialmente em Florianópolis

Publicado em 15/02/2019

Paulo Luís Cordeiro/Portal da Ilha Digital
Vindima de Altitude 2019 foi lançada oficialmente em Florianópolis

A Miss São Joaquim Daniele Oliveira foi escolhida para representar um dos principais eventos da vitivinicultura brasileira, a Vindima de Altitude 2019, que vai mostrar a produção de 14 vinícolas catarinenses entre os dias 1º e 31 de março.




Por: Paulo Luis Cordeiro

Ela esteve presente no lançamento da Vindima, na noite desta quinta-feira (14), às 19h, na sede do Sebrae/SC, em Florianópolis. A Vindima 2019 será realizada na Praça Cezário Amarante, em São Joaquim, e prevê uma ampla programação que inclui a degustação de vinhos, eventos culturais, cursos, oficinas, sunsets e visitação às vinícolas da região.

Daniele é empreendedora do mundo da beleza em São Joaquim. Além de sua atuação profissional, ela foi convidada para ser a Rainha da Vindima pelo desempenho apresentado como Miss São Joaquim, título que recebeu recentemente e que a credencia a disputar o concurso Miss Santa Catarina. Ela tem também paixão pelo vinho e mora na cidade que concentra a maior produção de uva e de vinhos de Altitude no Estado."Fiquei muita honrada em poder representar a Vindima, uma festa de grande sucesso e destaque em Santa Catarina e responsável pelo incremento do turismo e da economia na região”, diz Daniele.

O presidente da Associação, José Eduardo Pioli Bassetti, proprietário da Villaggio Bassetti, prevê uma ótima colheita de uvas - que vai até maio -, estimando safra de 1 milhão de toneladas nas regiões produtoras dos vinhos de altitude.

Este ano marca o 20º aniversário dos primeiros plantios de parreiras nos campos de altitude da Santa Catarina. Cinco anos depois vieram os primeiros testes e, em 2005, os vinhos pioneiros, que evoluíram a ponto de o produto estar hoje nas gôndolas, restaurantes e casas especializadas de todo o Brasil. “Em 15 anos, nossos vinhos se tornaram referência em qualidade e ganharam prêmios nacionais e internacionais”, destaca Eduardo Bassetti, acrescentando que ele e sua Diretoria da Associação Vinhos e Vinícolas de Altitude de Santa Catarina, estão empenhados “na busca da nossa Indicação Geográfica, com o nome de registro ‘Vinhos de Altitude de Santa Catarina’”.

De acordo com o presidente da comissão de organização da Vindima, Acari Amorim, no primeiro fim de semana de março, de sexta-feira a domingo, as vinícolas farão uma exposição de seus produtos na Praça Cezário Amarante, onde os visitantes poderão degustar os vinhos. Ele cita, dentre os motivos da boa safra, o bom clima, com chuvas regulares e sem geadas tardias. Proprietário da Vinícola Quinta da Neve, Amorim informa que no período escolhido para a Vindima muitas pessoas sobem a Serra ou vêm de outros estados, visitando a região na fase festiva da colheita da uva.

A 6ª Vindima tem a presença confirmada das vinícolas Abreu Garcia, D’Alture, Hiragami, Suzin, Quinta da Neve, Leone di Venezia, Serra do Sol, Thera, Vivalti, Villa Francioni, Villaggio Bassetti, Villaggio Conti, Vinhedos do Monte Agudo e Pericó. A organização é da Associação, que tem 35 filiados em 10 municípios do Estado – alguns deles ainda à espera da maturação dos vinhedos ou em fase de testes dos vinhos produzidos. Duas vinícolas que integram a Associação e que já produzem vinhos não participarão da edição deste ano da Vindima: a Villaggio Grando, no Planalto Catarinense, e a Santa Augusta, no Centro do Estado.