img


BRASIL

Federação Nacional das Empresas de Rádio e TV lamenta a morte de Ricardo Boechat

Publicado em 12/02/2019

Divulgação/Assessoria de Imprensa
Federação Nacional das Empresas de Rádio e TV lamenta a morte de Ricardo Boechat

A Federação Nacional das Empresas de Rádio e TV (Fenaert) manifesta seu pesar pela morte trágica do jornalista Ricardo Boechat, ocorrida nesta segunda-feira, 11 de fevereiro.



A entidade lamenta profundamente a perda de um profissional tão valoroso, que conquistou o reconhecimento do público e se tornou um dos comunicadores mais admirados do Brasil.

“Boechat alcançou um nível de maestria em manter a objetividade do bom jornalismo sem deixar de emitir sua opinião. Certamente é uma grande perda para a comunicação brasileira”, destaca o presidente da Fenaert, Guliver Leão.

Boechat passou pelos principais jornais do país, como O Globo, O Dia, O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil. Trabalhava como âncora da rádio BandNews FM e da TV Bandeirantes, no Jornal da Band. Foi também diretor de jornalismo na Band e trabalhou como âncora em diversos jornais do Grupo. Conquistou três prêmios ESSO e foi maior ganhador da história do Prêmio Comunique-se, sendo o único a vencer em três categorias distintas (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV).