img

TECNOLOGIA

Florianópolis recebe congresso que irá debater uso de games e realidade virtual no tratamento médico

Publicado em 04/10/2018 - 16:26:07

Pesquisadores nacionais e internacionais apresentam no Congresso de Fisioterapia Neurofuncional, que acontece de 10 a 13 de outubro, o resultado de estudos e novas tendências


Divulgação/Assessoria de Imprensa
Florianópolis recebe congresso que irá debater uso de games e realidade virtual no tratamento médico

A utilização de jogos eletrônicos e de tecnologias como realidade virtual tem ajudado pacientes com Doença de Parkinson e que sofreram algum acidente vascular (AVC) a recuperar movimentos e melhorar a condição física.

Esta é uma das áreas de pesquisa na fisioterapia que mais se desenvolveram ao longo da última década e que será destaque nos debates da quinta edição do Congresso Brasileiro de Fisioterapia Neurofuncional (Cobrafin), que acontece entre os dias 10 e 13 de outubro em Florianópolis.

Entre as palestrantes internacionais que estarão presentes no encontro é a doutora Judith Deutsch, da State University de Nova Jersey (EUA), que vai apresentar o resultados de pesquisas utilizando games e realidade virtual que ela está desenvolvendo nos últimos anos. "Hoje em dia há muitos tipos de tecnologia para oferecer, desde realidade virtual não imersiva (sem uso de óculos especiais) que funcionam especialmente para idosos e pacientes pós-AVC que precisam desenvolver equilíbrio, velocidade da caminhada e funcionalidade dos membros superiores", comenta a doutora Camila Torriani, presidente científica do Cobrafin.

Organizado pela Associação Nacional de Fisioterapia Neurofuncional (Abrafin), o encontro vai reunir cerca de 1.000 profissionais de todo o país em uma programação que engloba também a primeira edição de um Simpósio Internacional, 6 cursos internacionais pré-congresso e uma feira de negócios com apresentação de novas tecnologias, como o uso de recursos como realidade virtual para simular ambientes reais e auxiliar pacientes na recuperação de movimentos.