img

CIDADES

Escola do Mar de Florianópolis realiza um abraço coletivo no mar

Publicado em 24/09/2018 - 12:31:23

A programação contará com passeio de barco, caminhada e limpeza da areia da praia em Canasvieiras


Escola do Mar de Florianópolis realiza um abraço coletivo no mar

A programação conta com atividades ligadas à sustentabilidade, à tomada de consciência ecológica e o cuidado com o ambiente natural


No dia 29 de setembro a Escola do Mar, projeto da extracurricular da Secretaria de Educação de Florianópolis, promoverá “Um abraço ao mar” na praia de Canasvieiras. Um cordão de mãos feito pelos participantes simbolizará um abraço ao mar, com intuito de congregar e sensibilizar a comunidade em geral a respeito do cuidado com o ambiente terrestre e marinho. 

A humanidade está usando 20% a mais de recursos naturais do que o planeta é capaz de repor. Desenvolver a consciência e a percepção a respeito da importância do ambiente natural contribui para minimizar os impactos causados pela poluição e degradação dos ecossistemas da Ilha.

A Escola do Mar é responsável por atividades sobre sustentabilidade e preservação dos ambientes marinhos e ecossistemas costeiros de Florianópolis. Atende em média 2000 estudantes e 280 professores da rede municipal de ensino por ano, através de trilhas educativas e navegações com o barco-escola.  Valores como respeito à natureza são adquiridos pelos educandos que os repassam para os seus pais e à comunidade em que estão inseridos.

“A Secretaria de Educação de Florianópolis busca incentivar e apoiar projetos ambientais que levam para os estudantes a responsabilidade e a consciência social de cuidar do nosso patrimônio”, afirma o secretário de Educação Maurício Fernandes Pereira.

O encontro terá início às 9h da manhã em frente à sede da Escola do Mar na praia de Canasvieiras. A programação conta com atividades ligadas à sustentabilidade, à tomada de consciência ecológica e o cuidado com o ambiente natural.

O “abraço” ocorrerá às 10h, seguido por uma caminhada de limpeza da praia. Todos os materiais coletados serão encaminhados para a Autarquia de Melhoramentos da Capital – Comcap, para serem reciclados ou terem o descarte adequado.

“Bitucas de cigarro, tampinhas de garrafa pet’s, sacos plásticos, embalagens de salgadinho e balas são materiais coletados constantemente nas praias”, conta Alexandre Saydelles, assessor técnico e pedagógico da Escola do Mar.

Um passeio pelo mar

A programação continua com um passeio pela costa norte da Ilha com os estudantes do quinto ano da Escola Básica Municipal Virgílio dos Reis Várzea. O barco sairá do trapiche de Canasvieiras e seguirá até Ponta das Canas, passando pela ilha do francês até Jurerê, retornando ao trapiche.
 
O roteiro tem por objetivo sensibilizar as crianças sobre os impactos causados pela ação humana na vida marinha da região. Os educandos poderão observar os ecossistemas costeiros e a pressão urbana exercida pela ocupação desordenada da Costa.



Com informações de PMF/ASCOM