img


GERAL

Espaço Silvestre busca reintroduzir Papagaio-de-peito-roxo no Parque Nacional das Araucárias

Publicado em 07/09/2013

Espaço Silvestre busca reintroduzir Papagaio-de-peito-roxo no Parque Nacional das Araucárias

Conheça o trabalho de preparação, soltura e monitoramento de papagaios-de-peito-roxo no Parque Nacional das Araucárias, SC. O projeto também foca na educação ambiental e geração de renda para a comunidade local.



Fonte: Espao Silvestre / Instituto Carijs


Conheça um pouco do Papagaio-de-peito-roxo

O gênero Amazona inclui onze espécies de papagaios que ocorrem no Brasil, sendo que quatro estão em estado vulnerável ou ameaçados de extinção, entre eles o papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea). A perda de habitat, em função do desmatamento, e a coleta para abastercer o tráfico de animais silvestres são os fatores que mais contribuíram para colocar essa espécie em risco.

O papagaio-de-peito-roxo é endêmico da Mata Atlântica, ou seja, ocorre somente nesse bioma. No Brasil, é encontrado do sul da Bahia ao Rio Grande do Sul, mas também vive no sudeste do Paraguai e Misiones, na Argentina. Geralmente associado à Mata de Araucárias.

Não é a toda que ele é chamado de papagaio-de-peito-roxo. Tem cerca de 35 cm de comprimento total e é identificado pelo padrão escamado arroxeado das penas do peito. As penas da cabeça, dorso e cauda são verdes e na nuca há uma "gola" azul. Pode-se observar uma coloração vermelha nos extremos das asas, base do bico, encontro e espelho alar. Não há dimorfismo sexual. Estima-se que esse papagaio pode viver por até 30 anos. Saiba mais

Parque Nacional das Araucárias

O Parque Nacional das Araucárias é uma Unidade de Conservação (UC) criada em 2005 e como tal tem como objetivo principal a preservação de remanescentes de florestas e de toda a biodiversidade ali existente, ajudando a manter a qualidade de importantes corpos hídricos, como o Rio Chapecó,Chapecozinho, do Mato e Caratuva. Saiba mais




Veja mais em
http://www.espacosilvestre.org.br/